Head de RH, Juliana Nascimento, é a nova convidada do podcast PlayerTalks

A urgência por inovação nas ações do RH pós pandemia, diversidade, cultura e desenvolvimento profissional foram os grandes temas abordados no 5° episódio do podcast produzido pela PlayerUm.

Referência na gestão de carreira e desenvolvimento de pessoas, Juliana Nascimento é a convidada especial do 5o episódio do PlayerTalks, o 1° podcast gamificado do mundo, criado e produzido pela startup PlayerUm. Juliana atua como Diretora Executiva de RH para a empresa Cia de Talentos e abordou, pela primeira vez, temáticas sobre a urgência por inovação nas ações do RH durante e pós pandemia. Além da versão gamificada, o PlayerTalks está disponível nas melhores plataformas de áudio e no YouTube.  

No bate-papo com o CEO da PlayerUm, Flávio Stoliar, Juliana falou sobre a urgência do RH mudar e inovar, agora; sobre como a comunicação pode ajudar no desenvolvimento profissional; o cuidado que temos que ter ao falar (e fazer) sobre a diversidade e inclusão; e sobre como a nova geração vem se comportando no mercado, desmistificando atitudes tradicionais e trazendo a importância da colaboração em todos os setores.   

Diversidade é um tema que está muito em voga hoje e que tomou uma importância muito grande nos últimos anos. Mas, na minha opinião, deveria ser algo natural; cuidado pelas organizações e pelas pessoas desde sempre. O fato é que tem vários estudos que comprovam que quanto mais diverso for o ambiente, maiores são os resultados daquela empresa. Quanto mais inovador você consegue ser, maior senso de pertencimento você tem nas pessoas, a produtividade se torna maior. Só é benéfico para as organizações e para as pessoas ter um ambiente mais plural e mais diverso. Isso, por si só, já deveria ser motivo para fazer com que as organizações tomassem cuidado com a diversidade;” analisa Juliana, Diretora da Cia de Talentos. 

O tema central foi em torno da urgência por inovação nas ações do RH pós pandemia e como estas se refletem em todas as outras áreas, especialmente para os jovens no mercado. “Essa nova geração veio com uma pegada muito forte de bem-estar, de qualidade de vida, e as organizações de verdade vão ter que rebolar para fazer isso acontecer. Se elas não se adequarem, se elas não entenderem que é com este olhar que o jovem está hoje, elas não vão ficar nas organizações. As pessoas querem poder contribuir com várias frentes… a gente tá na era da colaboração;” complementa a executiva. 

Ao longo da conversa, Flávio Stoliar reforça o coro: “eu adoro as novas gerações. Convivo com muita gente jovem… Eles não são o futuro, eles são o presente. E inovar pressupõe ter um olhar muito próximo a eles. Conviver, conhecer e aprender com todos. E, por isso, o RH nunca foi tão importante. Pra escutar e servir essas pessoas. Sem pessoas, não tem empresa. Nada faz sentido. A gente se orgulha muito das nossas soluções, pois sempre miramos o novo, mas nunca nos esquecemos de que a experiência deve ser agradável e intuitiva para todos!” 

No Podcast Gamificado , você assiste os melhores momentos do episódio, jogando. A experiência leva até 10 minutos. E o bate-papo completo também está disponível nas melhores plataformas de podcast e no YouTube.